Notícia

NOTA OFICIAL: Fetrancesc repudia ataque a caminhão após acidente com morte no Paraná

13/11/2020

Image title

A Fetrancesc repudia o ataque feito à carga e ao caminhão envolvido em acidente na BR-277, próximo a Laranjeiras do Sul, na quarta-feira, 11 de novembro.

De acordo com o delegado da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas da Deic/Santa Catarina, Osnei Valdir de Oliveira, o saque de carga pode configurar furto, se não houver grave ameaça contra pessoas, podendo inclusive ser qualificado. Caso haja interferência de órgãos de segurança, e para a consumação os saqueadores empreguem violência ou grave ameaça, pode configurar crime de roubo.

Deste modo, como entidade representante das empresas do Transporte Rodoviário de Cargas de Santa Catarina, atuante em ações de combate e repressão ao roubo de cargas, além de grande valorizadora do capital humano e de todos os cidadãos, em nome de todo o Sistema Fetrancesc, a entidade não poderia deixar de manifestar repúdio e intolerância a este ato.

De acordo com reportagem divulgada pelo Jornal O Paraná, que circula na região, a “Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao atender o acidente na altura do KM 473,9 da BR-277, deparou-se com um início de saque de carga em um dos veículos envolvidos, um caminhão-baú, e até pisoteamento do corpo do motorista da van envolvida na colisão frontal, que estava às margens da rodovia sem vida e aguardando a chegada do IML (Instituto Médico Legal)”.

Aliada a outras entidades do segmento, o Sistema Fetrancesc condena a ação criminosa e desumana, além de reforçar que a leniência da segurança viária tem contribuído para que tais fatos aconteçam. A Federação se posiciona publicamente em prol da segurança do transportador e dos trabalhadores do setor e também se solidariza profundamente com as vítimas e seus familiares.

Outras instituições do setor também se manifestaram sobre a ocorrência, como a Fetransul, no Rio Grande do Sul, e a Fetranspar, no Paraná.