Notícia

Aula magna marca o início do MBA em TRC de Blumenau

28/07/2021

Image title

A sexta turma do MBA em Transporte Rodoviário de Cargas iniciou no dia 23 de julho. A cidade contemplada foi Blumenau, com 23 alunos, na Unidade do SEST SENAT Blumenau, onde acontecerão todas as aulas da especialização.

Com encontros semipresenciais, cumprindo todas as regras de prevenção contra a Covid-19, a pós-graduação é oferecida por meio da parceria entre a Fetrancesc, o Sindicato das Empresas de Logística e Transportes de Carga no Estado de Santa Catarina (Setcesc), o SEST SENAT e a Católica SC.

Image title

A aula magna contou com a participação especial do presidente da Fetrancesc, Ari Rabaiolli, que ressaltou a importância do curso. “Esse MBA em Transporte Rodoviário de Cargas de SC é inédito. Nós não temos outro curso que tem a grade curricular voltada para o TRC e, principalmente, com professores integrados ao setor de transporte, com conhecimento profundo em trabalhistas, legislação tributária e área contábil específica para o transporte de cargas. Entendemos que os nossos colaboradores e gestores precisam se qualificar para manter sempre a argumentação de negociação com embarcadores e poder fazer uma gestão contábil, fiscal, de frota e financeira dentro da sua empresa, para que possam cada vez mais ter rentabilidade, produtividade e acompanhar esse mercado inovador para enfrentar o que ele exige do nosso setor.”

Na oportunidade, o presidente do Setcesc, Osmar Ricardo Labes, destacou a honra de fazer parte dessa iniciativa para a região. “É de grande importância ter se concretizado esse MBA em TRC em nossa cidade e atendendo os associados da base do Setcesc. Nos sentimos honrados em ter sido contemplados com uma turma, que com certeza vem para contribuir com a profissionalização dos nossos colaboradores. Sempre é importante investirmos neles, para que nós tenhamos uma prestação de serviço cada vez mais eficiente”.

Image title

Os matriculados que comprovaram vínculo direto com empresas associadas ao Setcesc tiveram direito a uma bolsa de 50% na mensalidade, até o final do curso.